Como faturar mais no delivery sem ter que pagar tantas taxas?

Sobre o que iremos falar:

A ideia de faturar no delivery é um grande desafio que restaurantes encaram diariamente. Seja delivery de comida, entrega de produtos, entre outros, o fato é que este mercado cresce cada vez mais. Porém, alguns pontos precisam ser expostos e avaliados pelos negócios durante a aquisição do serviço.

O delivery é um serviço promissor que com certeza permanecerá como componente do mercado. Durante a pandemia, por exemplo, o Ifood registrou o triplo dos pedidos em relação ao começo de 2020 com o mês de março do ano anterior. De lá para cá, mesmo com o fim das medidas de proteção, o segmento ainda abarca uma grande parcela do mercado.

No entanto, apesar da questão de faturar no delivery parecer promissora, diversos restaurantes relatam dificuldades de estabilidade devido às taxas cobradas pelas plataformas de marketplace.

Por isso, neste artigo mostraremos para você maneiras apropriadas de utilizar os serviços de delivery com uma diminuição no pagamento das taxas, confira!

Quais taxas são cobradas pelo delivery?

A depender da plataforma escolhida, as taxas variam. No entanto, pode-se destacar as comuns para todos os serviços de delivery:

  • Full Service;
  • Market Place;
  • Taxa de pagamento online;
  • Custo de entrega;
  • Mensalidade.

Essas 5 taxas são a base para a maioria dos aplicativos de delivery e sempre devem ser verificadas no contrato realizado pelo negócio que solicita o serviço. Pesquisas apontam que, geralmente, todas essas taxas juntas podem atingir até 30% do lucro final dos restaurantes. Um valor muito forte e até assustador para alguns cenários.

Isso significa que se certo estabelecimento lucra R$ 3.000 por mês no total de suas vendas por delivery, o que fica para ela será após dedução das taxas é o valor de R$ 2.100. Bem salgado, não é? Por isso, é necessário bastante atenção na escolha das plataformas, a fim de notar se as finanças do empreendimento podem arcar com os custos de aquisição.

Como essas taxas podem impactar no seu negócio?

As taxas costumam retirar bastante lucro do seu negócio. Isso afeta tanto restaurantes iniciantes como os veteranos. A longo prazo, essa retirada causa uma grande instabilidade financeira no negócio, que pode levar à falência ou ao grande endividamento para pagar funcionários, contas e outros passivos financeiros.

Para exemplificar, imagine um restaurante que possui uma rede presencial conhecida por vender certo tipo de peixe assado. Na expectativa de crescer seu negócio, a empresa obtém o serviço de delivery por um aplicativo externo. Porém, ao colocar no papel a contabilidade das taxas, o dono do local pede que um aumento seja realizado nos preços.

O que é otimização on-page?
Fonte/Reprodução: original.

No entanto, é necessário tomar cuidado para não subir o valor ao ponto de violar a barreira de preços. Esse conceito se trata de um valor limite que os clientes estão dispostos a pagar por certo produto e serviço. Caso ele seja ultrapassado, muitas pessoas não comprarão o produto oferecido, por maior que seja a qualidade dele.

Assim, na tentativa de conseguir lucrar mesmo pagando as altas taxas, o estabelecimento começa a perder clientes, por cobrar um preço que estes não estão dispostos a pagar. Dessa forma, o negócio de delivery através dessa plataforma não é interessante para a gestão, levando a empresa a dois caminhos possíveis: desistir do delivery (e perder grande parcela de clientes) ou encontrar serviços com taxas aceitáveis.

Como se deve utilizar os aplicativos de delivery?

Deve-se utilizar os aplicativos de delivery com cuidado e em momentos apropriados. Como citado, até 30% de seu lucro pode ser corroído no pior dos cenários. Por isso, é preciso bastante cuidado para garantir que sua empresa tenha conhecimento das taxas cobradas e se seu negócio pode suportá-las.

Em aplicativos de delivery, a divulgação e a possibilidade de aumento dos clientes é um dos grandes atrativos. Como usar de maneira adequada? Empresas que não possuem uma clientela garantida, por exemplo, podem aproveitar os aplicativos de delivery para fazer isso. 

Por isso, pode ser muito bem-vindo para negócios iniciantes ou para aqueles que sentem uma estagnação em relação à atração de novos clientes.

Com a visibilidade obtida graças à plataforma, é possível utilizar esse fator para fidelizar e atrair clientes para canais próprios da empresa. Com isso, seu negócio poderá vender de outras maneiras, como um delivery próprio, e não ficar refém das plataformas de marketplace. Essa independência com certeza fará a diferença na hora de faturar no delivery e aumentar os lucros da empresa.

É possível faturar no delivery sem pagar tantas taxas?

A maioria das taxas que tornam o serviço de delivery caro está vinculado ao uso de plataformas de marketplace. Por isso, outras alternativas, como utilizar plataformas mais simples de pedidos ou desenvolver o atendimento próprio da empresa, é uma das alternativas de baratear o custo deste modelo de vendas e faturar no delivery.

Porém, é necessário que a empresa já tenha sua clientela, já que assim não contará com a divulgação destas plataformas. Conforme já dito, uma das grandes vantagens do marketplace de delivery é que os aplicativos garantem uma grande visibilidade para a sua empresa. Justamente por esse poder de divulgação que as taxas costumam ser caras. Mas isso não significa que elas não podem ser diminuídas.

Antes de mostrar como faturar no delivery sem pagar taxa, cabe informar sobre os cuidados que os restaurantes devem ter com períodos que as plataformas de delivery apresentam instabilidade. Nestes momentos, é preciso que os responsáveis pela comunicação com os clientes utilizem de estratégias para informar sobre o problema da plataforma.

Como faturar no delivery sem pagar taxas?

Para faturar no delivery sem o pagamento de taxas, é necessário ter um site próprio para oferecer os pratos por lá. Apesar de existirem os custos para a manutenção de um site, com uma boa administração e uso dos recursos é possível reduzir drasticamente as perdas causadas por taxas.

Mas isso significa abolir o uso dos aplicativos de delivery? Não! O mais correto para faturar no delivery é equilibrar o uso desses aplicativos com os canais próprios da empresa e outros recursos disponíveis para divulgação, como as redes sociais.

Quais são as vantagens de se ter um site para delivery?

A principal das vantagens é a possibilidade de obter novos clientes de regiões mais distantes. Junto disso, as outras vantagens são:

  • Melhor contato com o cliente;
  • Melhora dos lucros;
  • Maior cuidado com os pedidos;
  • Melhoria da reputação da empresa;
  • Maiores chances de fidelização dos clientes.

Cabe uma informação extra de que todas essas vantagens vão aparecer a longo prazo. Por isso, não fique receoso caso sua empresa demore para apresentar todos os pontos citados. 

Além disso, garanta que os seus produtos estejam com uma boa evolução a fim de adquirir mais clientes, inclusive os da concorrência, ao perceberem a competência de seu negócio.

Para auxiliar a sua empresa a faturar no delivery com embalagens de ótima qualidade, conte com a Papello. A qual atua há 40 anos no mercado e possui um grande diferencial da produção de embalagens de papel.

Assim, se você procura por embalagens de qualidade e permite estampar a imagem do seu negócio, não deixe de contar com essa companhia para auxiliar o crescimento da sua empresa!

Leia Mais

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Redação b20

Redação b20